Minha história

Gosto de dizer que minha história deveria ser escrita em um quadro negro. Garoto, comecei a dar aulas em 1970 preparando alunos para o exame de admissão (acesso ao antigo Ginásio – coisas de antigamente), e nunca mais me afastei da sala de aula. Entrei para a faculdade de medicina no ano seguinte e, para me manter, procurei trabalho em um curso pré-vestibular. Acabei virando sócio e, mesmo formado, preferi continuar professor. A medicina só voltou à minha vida cerca de duas décadas depois, quando me afastei da sociedade.
Como médico, dediquei-me à fisiologia humana com ênfase na performance desportiva. Para ser coerente com minha vocação virei professor no assunto.
Com o tempo, percebi o interesse das empresas pelo tema da performance, e acabei migrando para a educação corporativa, aquela que se pratica nas organizações com o objetivo de desenvolver as pessoas e melhorar seus resultados. Descobri que essa área é fascinante, e nela estou há mais de uma década.
Ao mesmo tempo, claro, vivi intensamente. Casei, tive filhos, casei de novo, viajei muito, pratiquei vários esportes, escrevi alguns livros, fiz muitos amigos, tive acertos e erros. Com todos, aprendi.
Esta é a brevíssima história de meu passado. No resto do site, de certa forma, procuro contar a história do futuro.